Conheça 4 Estilos de liderança situacional e saiba quando e como adotar para potencializar resultados
LIDERANÇA SITUACIONAL - roberta medeiros

Se você costuma acompanhar a coluna de Liderança aqui do meu Blog, já deve ter ouvido falar em LIDERANÇA SITUACIONAL e MATURIDADE DA EQUIPE. Agora chegou a vez de falarmos mais a respeito dos ESTILOS DE LIDERANÇA SITUACIONAL. Já adianto que são quatro: direção, treinamento, apoio e delegar.

 

Caso tenha esquecido, vamos relembrar: Liderança Situacional é um método que trabalha as habilidades de um líder, para que este seja capaz de se adaptar às diferentes situações e, com isso, consiga extrair o melhor de cada funcionário, visando alcançar resultados positivos e satisfatórios, além de aumentar, cada vez mais, o nível de maturidade da equipe.  

 

Bom, para saber qual estilo adotar, o líder deve primeiramente reconhecer o nível de maturidade dos membros da equipe, visando não só o pessoal como o coletivo. Só assim, ele conseguirá motivar, encorajar e potencializar o profissional de cada um. Agora, vamos conhecer os QUATRO ESTILOS DE LIDERANÇA.

 

1.DIREÇÃO – DETERMINAR

 

Este estilo deve ser adotado em pessoas que não tem capacidade e nem vontade de assumir a responsabilidade de fazer os padrões. Sendo assim, trata-se de um estilo diretivo, que oferece as direções, orientações e supervisão clara e específica para a execução das tarefas. Para esses, o líder deve dizer o que precisa ser feito, como, quando e onde devem executar várias tarefas. Os padrões devem ser entregues prontos.

 

2.TREINAMENTO

 

É o estilo a ser adotado para pessoas que sentem disposição, mas não tem plena capacidade. O Líder ainda precisa adotar um comportamento diretivo (especificar o que as pessoas devem fazer, como, quando e onde devem executar várias tarefas) por causa da falta plena de capacidade, mas ao mesmo tempo tempo deve reforçar a disposição e o entusiasmo das pessoas.

 

É dever do líder fazer com que os funcionários sintam-se convencidos a adotarem os padrões e comportamentos desejados. Os funcionários nesse nível de maturidade geralmente aceitam os padrões quando entendem as razões do mesmo e o líder lhes fornece a direção.

 

3.APOIO – PARTICIPATIVO

 

Usado para pessoa com maturidade entre alta e moderada. As pessoas neste nível de maturidade tem capacidade, mas não estão dispostas a elaborar os padrões. Neste caso, o líder precisa apoiar os funcionários nos seus esforços, para que utilizem a capacidade que já possuem para elaborar os seus próprios padrões que determinam COMO, QUANDO e ONDE atuarem.

 

4.DELEGAR

 

As pessoas neste nível de maturidade têm capacidade e disposição para a elaboração de padrões. Embora ainda possa ser o líder que determina quais os padrões a serem elaborados, a responsabilidade de fazê-los já é dessas pessoas. Os funcionários determina como, quando e onde fazer as coisas, estabelecendo um padrão.

 

Então Líder, você consegue avaliar o nível de maturidade da sua equipe e dizer qual estilo de liderança situacional adotar? Deixe um comentário e conte para nós! Se gostou deste texto curta, compartilhe ou marque um amigo que é líder.

Obrigada, até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *