Níveis de maturidade da equipe: saiba como reconhecer e liderar em busca dos melhores resultados!
níveis de maturidade da equipe - roberta medeiros

Já falamos muito aqui sobre Liderança Situacional e MATURIDADE DA EQUIPE, mesmo assim ainda tem mais algumas coisas que você precisa saber, para avaliar com precisão qual o nível de maturidade da sua equipe, pois só assim será capaz de extrair o melhor deles, potencializar a equipe e alcançar resultados satisfatórios.

 

Só para fixar na sua mente, LIDERANÇA SITUACIONAL é um método que trabalha as habilidades e qualidades de um líder, para que este seja capaz de se adaptar às diferentes situações e, com isso venha a extrair o melhor de  cada membro da sua equipe, até alcançar os resultados esperados e elevar, pouco a pouco, o nível de maturidade da equipe.

 

COMO AVALIAR A MATURIDADE DE CADA UM?

 

De modo geral, o nível de maturidade do funcionário pode ser avaliado, não só a partir do conhecimento e da experiência, mas também pelo nível de empenho, grau de autonomia, capacidade de assumir responsabilidades e tomar decisões. Além de mostrar interesse por melhorias, relacionamentos, aceitação de desafios, e etc.

 

A maturidade do funcionário é dividida em quatro níveis: baixa, baixa à moderada, moderada à alta e alta.

 

MATURIDADE BAIXA [M1]

 

É aquela em que o funcionário não tem capacidade nem vontade de assumir a responsabilidade de fazer algo. Não é competente e nem seguro de si. Em muitos casos, sua falta de disposição é consequência da insegurança em relação à tarefa exigida.

 

MATURIDADE BAIXA À MODERADA [M2]

 

Considerada aquela em que o funcionário não possui capacidade plena, mas sente disposição para assumir responsabilidades. Tem confiança em si, contudo, ainda não possui ainda todas as habilidades necessárias.

 

MATURIDADE MODERADA À ALTA [M3]

 

O funcionário tem capacidade, mas não está disposto a fazer o que se espera dele. Sua falta de disposição, muitas vezes é consequência da falta de confiança em si mesmo ou insegurança. Contudo, se for competente, mas pouco disposto, sua relutância em fazer o que dele se espera é mais uma questão de motivação do que um problema de insegurança.

 

MATURIDADE ALTA [M4]

 

É aquele nível em que o funcionário tem capacidade e disposição para assumir qualquer responsabilidade.

 

Para que o líder promova o crescimento do funcionário ao nível de maturidade mais alto, não basta apenas que o líder determine o nível de maturidade e aplique o estilo de liderança mais adequado. Isso é necessário, porém não é suficiente. Sendo assim, o líder precisa conduzir um processo de amadurecimento do liderado, que deve ser gradual, sempre no sentido M1, M2, M3 e M4.
Você consegue avaliar o nível de maturidade da sua equipe? Deixe um comentário e conte para nós! Se gostou deste texto curta, compartilhe ou marque um amigo que é líder. Obrigada, até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *