Você sabe o que é planejamento e qual sua importância para o sucesso de uma empresa?
roberta medeiros - planejamento

Planejamento é um processo trabalhoso, contudo poderoso! 

Quantas vezes falhamos em determinada tarefa por falta de planejar? Assim como, quem nunca estruturou um planejamento, mas não conseguiu executar? Estas coisas ocorrem e são mais comuns do que pensamos. Isso acontece porque, na maioria das vezes, não temos muito claro o conceito e a real importância do planejamento….

 

Mas, o que é planejamento?

Com o término da Primeira Guerra Mundial veio a crise de 1929 e junto com ela a necessidade de se reconstruir. Foi então, que a União Soviética tornou-se a primeira nação a utilizar o PLANEJAMENTO como ferramenta de reformulação! Legal, mas o que é planejamento?

 

PLANEJAMENTO é o processo de busca e equilíbrio entre meios e fins, entre recursos e objetivos, com o intuito de melhorar o funcionamento de empresas, instituições, setores de trabalho, organizações, grupos e outras atividades.  Em um sentido mais amplo, é o processo que “visa dar respostas a um problema, estabelecendo fins e meios que apontem para sua superação, de modo a atingir objetivos antes previstos, pensando e prevendo necessariamente o futuro”. (PADILHA, 2001).

 

O ato de planejar é considerado um processo de reflexão, aquele momento para tomar decisões e partir para ação; previsão de necessidades e racionalização de materiais e recursos humanos disponíveis, com foco na concretização de objetivos, com prazos determinados e etapas bem definidas, a partir dos resultados das avaliações. (PADILHA, 2001)

 

Planejamento Estratégico

Já no PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO consideramos as condições do presente, as experiências do passado, assim como os aspectos contextuais e os pressupostos filosófico, cultural, econômico e político de todos os envolvidos, com o propósito de atingir metas e objetivos específicos. Quando realizado por líderes o resultado visa compreender e renovar a atual visão organizacional, estabelecendo medidas estratégicas, com indicadores e metas bem definidos, assim como a implantação dos planos de ação.

 

Equipes multidisciplinares são as mais indicadas para esta tarefa, pois contemplam o conhecimento de todas as áreas da empresa: venda, produção, pessoal, financeiro e outros.

 

A importância do planejamento

Não existe um modelo único de planejamento a ser seguido. Ele deve ser construído com base nas características da empresa, em busca da excelência empresarial e da otimização do desempenho econômico da organização. No planejamento são estruturadas as estratégias a serem seguidas e a forma com que a empresa vai se relacionar com o seu mercado consumidor.

 

O ideal é integrar todas as áreas da empresa, para que cada setor assuma sua responsabilidade no projeto e possa assumir seu papel na tomada de decisões e atuação diante o que foi definido em planejamento, com foco no sucesso operacional. De nada vai adiantar criar ações que não serão executadas!

 

Segundo Welsch (2006) “planejar representa a forma como a empresa pretende atingir os objetivos e as metas propostas”. Planejar é tentar prever ocorrências futuras e preparar-se para evitar surpresas desagradáveis no funcionamento e na gestão do que se deseja realizar.

 

Apesar de todo empreendimento oferecer riscos, é possível estabelecer medidas paliativas por meio de ferramentas operacionais que ajudam a diminuir e até evitar riscos, além de auxiliar o planejador na tomada de decisões.

 

Do jeito que se fala parece que o planejamento é um processo milagroso, mas tome cuidado! Ele, por si só não irá alcançar os objetivos estabelecidos. Se o planejamento elaborado não for executado, acompanhado, controlado  e corrigido – conforme for necessário -, de nada terá adiantado gastar tempo pensando e planejamento.

 

Por mais que pareça trabalhoso e demorado, o processo de planejamento deve ser executado de forma rápida, oportuna e flexível, ou seja adaptável às mudanças, de forma participativa com foco na eficácia empresarial. Os empreendedores devem planejar de forma cautelosa suas ações, com foco na execução e no acompanhamento de forma cuidadosa e sistemática. Pois, cabe ao idealizador coordenar e participar de cada etapa, para garantir que tudo saia conforme planejado e que garanta a eficácia da empresa.

 

O momento de planejamento deve servir para prever os acontecimentos futuros, suas oportunidades e ameaças. Portanto, pode-se dizer que o processo de planejamento é estabelecido conforme as possibilidades e necessidades da empresa, dentro de um conjunto de circunstâncias previstas. Sendo assim, o planejamento deve ser trabalhado a partir do cenário atual e futuro da empresa.

 

Sua empresa está preparada para executar o planejamento ou vive executando ações com objetivo de apagar incêndios?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *