Resiliência: uma habilidade para diminuir o estresse e aceitar mudanças
roberta-medeiros-resiliencia

O que é e para que serve a Resiliência?

Considerado por especialistas como uma doença do século XXI, o ESTRESSE é um dos males que mais afetam a população. Além disso, desencadeia outras doenças, tais como: diabetes, AVC, depressão, Coronárias entre outras. Quando descontrolado, o estresse pode afetar a autoestima da pessoa, causando problemas e enfermidades emocionais.

 

Vivemos em um mundo, no qual o excesso de informações, a velocidade da comunicação, o mercado acirrado e a falta de confiança e amor próprio expõem as pessoas a conflitos diários, tanto no âmbito pessoal quanto profissional. Uma forma de trabalhar positivamente esses contratempos e diminuir o estresse e outras doenças é PRATICAR A RESILIÊNCIA! Mas, o que vem a ser e de que forma ela pode ajudar?

 

O QUE É RESILIÊNCIA?

 

Em linhas gerais, RESILIÊNCIA significa voltar ao estado normal, após situações críticas e fora do comum! É a capacidade de se adaptar às mudanças, ou a má sorte. Oriundo do latim (resiliens), a resiliência se aplica a diversas áreas: psicologia, administração, ecologia e física.

 

Na psicologia, a resiliência é a habilidade de uma pessoa lidar com seus próprios problemas, vencer obstáculos e não ceder a pressão, seja qual for a situação. Em outras palavras, SABER AGIR SOB PRESSÃO! Mas será que é mesmo possível fazer tudo isso sem acabar estressado?

O ESTRESSE É NECESSÁRIO…

 

Estamos expostos a constantes situações que ocasionam o estado de estresse. Talvez você se surpreenda com o que vou dizer agora, mas o ESTRESSE É IMPORTANTE EM NOSSAS VIDAS! Ele faz o papel de um termômetro, que avisa quando estamos ultrapassando nossos limites,  para que voltemos ao estado de equilíbrio. Contudo, muitas vezes acabamos extrapolando geral e passamos a precisar de intervenções médicas.

 

A RESILIÊNCIA é quase uma cura para o estresse, pois ela ensina a controlá-lo. Se ainda está em dúvida, melhor ler trechos de uma pesquisa americana, que explica melhor onde tudo isso começa:

 

“Em 2010 foi feita uma pesquisa pela Associação de Psicologia, e dizia que 75% dos americanos se sentem sobrecarregados e sob máxima tensão. Três quartos da população afirmam que se sentiam no limite de sua capacidade.” A situação levantada pela pesquisa não sofreu melhoras, pois foi repetida em 2012 e os mesmos números foram apresentados.

 

Agora eu te pergunto: VOCÊ TAMBÉM SE SENTE ASSIM?

 

EIS A SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA!

 

Os doutores Jan Bruce e Andrew Shatté em busca de uma solução para o problema, reuniram várias mentes brilhantes para desenvolver um programa  (“meQuilibrium”) capaz de descobrir uma forma de ajudar as pessoas  a controlar o estresse, apenas com  o poder da mente, ou seja, sem optar pela intervenção química.

 

Um dos convocados foi o Dr. Andrew. “A pesquisa de Andrew demonstrou que a resiliência é uma habilidade fundamental, que pode ter efeitos poderosos em muitos casos, inclusive para prevenir a depressão em crianças em situação de risco, ajudar a vencer os problemas do início da vida adulta e melhorar a produtividade e o desempenho em organizações que vão desde a NASA até as 100 mais importantes citadas na revista Fortune. A partir desses resultados impressionantes, Jan e Andrew perceberam que a resiliência era o antídoto óbvio para o estresse. (BRUCE, SHATTÉ e PERLMAN, 2015).

 

Com forte experiência, Andrew agregou muito ao projeto “meQuilibrium”. O modo com que costumamos agir ou nos sentirmos diante da adversidade, são guiadas por nossos pensamentos, que Andrew gosta de chamar de “estilos de pensamentos”. A Resiliência é construída a partir dessa forma de pensar. Andrew isolou os estilos fundamentais de pensamento que atuam diretamente no estresse e criou ferramentas precisas e comprovadas para mudar nossas respostas diante dos desafios.

 

Antes de Andrew, o DR. Viktor Franki já havia falado a respeito…. afirmou que  “temos a liberdade de escolher as respostas”, baseado em estudos seus quando estava cativo em centros de concentração nazistas. “Entre o que acontece conosco e a resposta que queremos dar, existe um espaço, e nese espaço está nossa liberdade de escolher a resposta.”

 

E você, já desenvolveu a habilidade de ser resiliente? Caso ainda não, o PROCESSO DE COACHING é um grande aliado nessa busca…. Se você gostou desse texto curta, compartilhe com seus amigos e deixe seus comentários. Obrigada, beijos! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *