Você é o único responsável pelos fracassos da sua vida! Entenda porque…
roberta-medeiros-fracassos

Quem nunca culpou a falta de sorte ou o destino por seus fracassos?

Muitas pessoas culpam o universo, o cosmo, os deuses, todos os seres mágicos e humanos que habitam o mundo, menos ele mesmo! Mão assumir a culpa por suas falhas, é o primeiro passo para continuar a falhar. Quando deixamos de assumir a culpa, deixamos também de CAMINHAR EM BUSCA DA CURA e alimentamos o causador de todos os nossos fracassos: A IRÁ!

 

O PODER DA IRA NA SUA VIDA

 

Se você perguntar para um psicólogo O QUE É A IRA, com certeza ele dirá que é uma pulsão de morte, algo destrutivo. Ela é tida como uma força oculta, causadora de acidentes, doenças, perdas e do tão temido FRACASSO! Ainda não foi descoberta energia mais poderosa para o “mal” do que a raiva.

 

O maior problema da raiva é que nem sempre ela é visível. Com isso, as pessoas acabam não atribuindo a ela a culpa dos contínuos desastres que acometem sua vida e se fazem vítima do acaso. A raiva mina a energia construtiva, a única capaz de transformar a realidade. Todos carregamos uma raiva contida, sem notar!

 

PARA VENCER É PRECISO ENFRENTAR

 

Muitas pessoas não sabem, mas toda raiva e ressentimentos são objetos de fuga, uma forma de você escapar do confronto entre “você consciente” e tudo de negativo que habita seu interior, “você inconsciente”. Estar face a face consigo mesmo, admitir certas coisas e acontecimento pode ser perturbador, para a maioria das pessoas. A raiva é a solução mais comum e natural, para quem não consegue enfrentar a si mesmo.

 

Para vencê-la, para fazer com que ela libere seu caminho é preciso mergulhar nela, aprofundar-se em seu interior. Talvez você tenha que trazer à consciência recordações recalcadas, ou expressá-la até aceitar, por sua própria experiência, que ela não passa de uma mentira. Contudo, para livrar-se da sua dominação é necessário disposição para navegar no seu interior e reconhecer o que lhe aflige para resolver. Soltar esse véu que encobre o seu verdadeiro eu: uma pessoa, que assim como as outras nasceu para realizar todos os sonhos!

 

A CURA ESTÁ NO AMOR?

 

Quando alguém carrega dores e feridas ainda abertas, inevitavelmente sentirá raiva e comecará a culpar o cosmo e os outros pelos seus fracassos. A CURA ESTÁ NO AMOR, que se manifesta nos dons e talentos do ser humano. Isso acontece quando o sujeito confia em si mesmo e sente-se, de coração aberto, parte de algo.

 

A raiva, nada mais é, do que um mecanismo de defesa contra a dor. Por mais que a pessoa esteja no caminho da cura, somente quando esta se dá por completo é possível achar a calma interior e viver a vida em sua plenitude. Em certos casos, o processo de cura transcende vidas. Mas, é preciso ficar atento as falsas curas! Há momentos em que é mais fácil negar a dor, do que vivê-la e superá-la.

 

A EVOLUÇÃO INTERIOR é um caminho longo, por isso recomenda-se NÃO CRIAR EXPECTATIVAS. A maturidade vem com a vivência de situações diversas, com o acúmulo de conhecimentos e a capacidade de olhar para si e questionar suas atitudes e pensamentos. Encarar a realidade é necessário para quem está em busca da cura.

 

É preciso libertar-se do passado para viver o momento presente. Mas, para libertar-se do passado é preciso olhá-lo de frente e compreendê-lo. Muitas pessoas passam a vida tentando entender a origem de sua raiva interior, sua inveja e insegurança. Buscam pela cura em vão, pois desconhecem sua origem: ela nasce da escuridão. Quando  enchemos nossos corações de amor, acendemos uma luz em nosso interior, que dissipa a raiva e torna a vida mais bela!
E aí, como está a sua raiva hoje? Você soma mais conquistas ou fracassos? Conte para nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *